Cataguases recebe oficialmente polo da UEMG

Na tarde desta quarta-feira, 29, aconteceu uma reunião para o lançamento oficial do curso superior de Tecnologia em Cinema e Animação da UEMG – Universidade do Estado de Minas Gerais, em Cataguases. Trata-se da primeira graduação nesta área no Brasil e nasceu fruto do trabalho da instituição de ensino em parceria com o Polo Audiovisual da Zona da Mata, Prefeitura de Cataguases, Sebrae-MG e Energisa, além do apoio do deputado Fernando Pacheco. O curso será presencial e vai funcionar no antigo CTM – Centro das Tradições Mineiras – que já está recebendo as benfeitorias necessárias para abrigar a iniciativa. A previsão é de que as aulas comecem no segundo semestre do próximo ano.

Estiveram presentes ao evento o Prefeito José Henriques, o Vice-Prefeito e Secretário de Cultura e Turismo, Marco Andrade, o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Luiz Paixão, o gestor do Polo Audiovisual, César Piva, o diretor do Sebrae em Cataguases, Marco Antônio Mendonça, o gerente da Energisa Luciano Lima e o Deputado Estadual Fernando Pacheco. O grupo recepcionou a comitiva da UEMG, composta pela Reitora Lavínia Rosa Rodrigues, a Pró-Reitora de Graduação, Michelle Gonçalves, a Diretora da universidade no campus de Carangola, Andréa Toledo, e a Vice-Diretora do mesmo campus, Sílvia Dias.

Na oportunidade, o grupo conheceu as instalações e, ressaltou a importância da vinda do curso, presencial e gratuito, para o município. A diretora do campus de Carangola, Andréa Toledo, contou dos esforços que a unidade desprendeu junto à Pró-Reitoria de Graduação para viabilizar o curso e as inúmeras etapas para a elaboração do seu PPC – Projeto Pedagógico de Curso, um trabalho que envolveu muitas pessoas, horas de reuniões e diversas readequações no documento para que o curso, que é inédito, fosse aprovado.

A Reitora Lavínia Rodrigues demonstrou todo o seu entusiasmo e sua admiração pelo que já é realizado em Cataguases na área do audiovisual e da animação, que passa agora a existir também no meio acadêmico, como bem frisou o gestor do Polo Audiovisual, César Piva. O Prefeito José Henriques falou do momento histórico que Cataguases está vivendo com a vinda do curso para o município. “Trazer a UEMG para Cataguases era um sonho do meu pai quando prefeito, que agora estamos concretizando, e minha satisfação é enorme. Não só por este feito, mas por oferecer à nossa população e da região mais uma opção de graduação gratuita, numa área em que temos grande potencial” afirmou, lembrando das várias produções audiovisuais que foram realizadas na cidade e de outras que já estão programadas.

O Deputado Fernando Pacheco salientou que o curso de Tecnologia em Cinema e Animação da UEMG chega num momento de recomeço, quando a pandemia que assola todo o mundo começa a dar sinais de desaceleração. “Sabemos como a cultura em geral foi afetada nestes últimos dois anos, e este curso chega junto com o reaquecimento do setor, o que é um bom sinal e bastante positivo”, afirmou. O Vice-Prefeito Marco Andrade também falou da importância da cultura e da economia criativa e desejou que este seja o primeiro de muitos outros cursos da Universidade do Estado de Minas Gerais em Cataguases. “A nossa gestão é baseada na inclusão, e é nosso desejo que outros cursos como este e cursos de outras áreas sejam também ofertados no futuro, para que todos tenham a chance de estudar numa universidade pública, gratuita e inclusiva”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *