Secretaria de Cultura promove lançamento de livros sobre Cataguases no Sete de Setembro

As comemorações pelo Sete de Setembro em Cataguases, Dia da Independência do Brasil e 144º aniversário do município, contaram também com o lançamento de dois livros sobre a cidade, no Centro Cultural Eva Nil. Programado para acontecer às 10 horas, pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, o evento reuniu várias pessoas, muitas delas ligadas às artes e a cultura, para prestigiar os escritores Ronaldo Werneck e Joaquim Branco, que autografaram seus livros “Cataguases século XX antes e depois” e  “O Município de Cataguases”, respectivamente.

O evento teve a presença do prefeito José Henriques, do vice-prefeito e secretário municipal de Cultura e Turismo, Marcos Andrade, do chefe de gabinete Humberto Valverde, dos secretários municipais de Administração, Emília Menta, de Educação, Luci Mara Guedes, de Agricultura e Meio Ambiente, Rogério Farage, do deputado estadual Fernando Pacheco e da vereadora  Stefany Carli. O tom dos discursos das autoridades que fizeram o uso da palavra foi unânime em destacar a cultura como um dos grandes exponentes da história de Cataguases.

Na oportunidade, o secretario Marcos Andrade lançou o troféu Paulo Fialho que homenageia o falecido e talentoso artista plástico, cenógrafo e carnavalesco cataguasense, entregando-o a personalidades que são destaques das artes na cidade, como a bailarina e coreógrafa Assunta Leone Fajardo, o músico Marcelo Athoguia (Barbinha), os escritores Ronaldo Werneck e Joaquim Branco, a cantora Elisa Nunes, o ator e diretor teatral Carlos Sérgio Bitencourt, o líder de folia de reis João Assis (do grupo Joãozinho da Folia e os Ferrerinhas, de Cataguarino), e as instituições culturais da cidade Fundação Ormeo Junqueira, Fundação Simão José Silva e Instituto Francisca de Souza Peixoto.

No encerramento, várias personalidades presentes, ligadas à cultura de Cataguases,  fizeram a leitura de textos e poemas referentes ao município, de autores diversos, demonstrando a estreita relação do município, que completa 144 anos de emancipação política e administrativa, com as artes, a cultura, as letras e a literatura.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *